30/04/2013

Bom dia com alegria!





Um dos meus estilos de música preferidos, para alegrar o dia!

29/04/2013

Broas de Mel





Por mais estranho que pareça, não sou apreciadora de mel. Eu sei... toda a gente gosta de mel! e sou a primeira pessoa a recomendá-lo, pelos benefícios que traz à nossa saúde.
No entanto... adoro broas de mel. Lembram-me sempre a noite de Halloween e são reconfortantes em dias cinzentos e frios.





Deixo aqui a receita, que é bastante simples!

Ingredientes: (para cerca de 40 broas)
  • 15g de canela moída
  • 25g de erva-doce moída
  • 250g de açúcar amarelo
  • 125g de mel
  • 1.25dl de azeite
  • 1.25dl de água
  • 1 pitada de sal
  • 500g de farinha com fermento
  • amêndoas
  • 1 ou 2 gemas de ovo

Preparação:
  1. Coloque a farinha num recipiente. 
  2. Misture os outros ingredientes num tacho (excepto as amêndoas e o ovo) e leve a lume brando sem deixar ferver, mexendo sempre, apenas o tempo necessário para que os ingredientes se misturem.
  3. Adicione esse preparado à farinha e misture com uma colher de pau.
  4. Usando as duas mãos forme uma bolinha com a massa, com cerca do tamanho de uma noz, espalme ligeiramente e dê-lhe um formato de folha nas pontas. 
  5. Coloque a broa num tabuleiro (previamente untado e forrado com papel manteiga), ponha uma amêndoa no centro da broa e pincele a superfície com gema de ovo (pode usar um garfo ou colher). Repita o procedimento com o resto da massa.
  6. Leve ao forno previamente aquecido, durante 10 - 15 minutos (conforme prefira as broas mais ou menos macias), sempre a 180º.


Voilà!

A minha cozinha






Todos os dias passamos algum tempo na cozinha, a não ser que alguém cozinhe para nós.
Para aqueles que não cozinham apenas por sobrevivência mas também por prazer, a cozinha torna-se um atelier que vê constantemente nascer efémeras obras de arte (ou tentativas!), que preparadas por vezes durante horas, em cerca de 15 minutos desaparecem da vista.
Depois de tanto trabalho, às vezes, a vontade é de fazer uma exposição de arte na cozinha e deixar os pratos expostos!

Aliando o meu gosto e o do Ricardo em cozinhar, tornamos a nossa cozinha num lugar sagrado, onde nos deliciamos a receber amigos e familiares.

Neste momento, como muitos outros jovens, tentamos a nossa sorte fora do país e os nossos interesses entrelaçam-se com as oportunidades de trabalho que surgiram, eu como assistente de catering e ele como chef num restaurante do Jamie Oliver.

A nossa vontade é de aprender mais e mais... esta arte exige um longo caminho de aperfeiçoamento e é também com os outros que se aprende.