31/12/2015

Feliz Ano Novo!


30/12/2015

Ar'te Que Respiro # Botas em Crochet

Fiz estas botas iguais para mãe e filha.
Depois de muito trabalho consegui que cada par de botas tivesse o mesmo tamanho e que as medidas fossem as certas para as pessoas a quem as ofereci!
São muito boas para usar em casa e já estou a fazer umas para mim também!



Ar'te Que Respiro # Luvas


Aqui estão as primeiras luvas que fiz, bem quentinhas, também para oferecer no Natal.
Comprei um novelo neste tom de rosa e pensei que fosse suficiente. Por pouco, não foi. A lã acabou quando estava a fazer o último dedo. Voltei à loja e por acaso esta lã estava esgotada, então acabei por fazer alterações e acrescentar a faixa cinzenta.
A verdade é que acabei por gostar mais das luvas com as duas cores!




Ar'te Que Respiro # Cachecol de folhos

O primeiro cachecol de folhos que fiz,  para oferecer a uma tia do Ricardo.
Mais um presente de Natal personalizado!

 


29/12/2015

Ar'te Que Respiro # Presentes de Natal

Este Natal ofereci algumas prendas, quase todas feitas por mim.
Este cachecol foi uma delas.





24/12/2015

Happy Christmas!

 
Um Natal Feliz para todos vocês!
Por aqui vem um cheirinho bom da cozinha, ouve-se música animada e estamos felizes!

 



20/12/2015

My Dream



Trouxe este sonho comigo e cada vez gosto mais dele.
Não importa a espera, há muito para fazer e aprender entretanto.
O caminho também faz parte.
Um dia...haverá um ponto de encontro, de sabores e memórias, com esta placa de ardósia a dizer "Aberto".

19/12/2015

45 minutos de diversão

Na sessão seguinte a pista estava cheia. E arrefeceu bastante.
Fomos no momento certo para desfrutar do espaço e eu venci novamente o medo.
Isto de patinar no gelo uma ou duas vezes por ano é frustrante, pois quando finalmente me sinto confiante e a controlar os meus patins, avisam-nos de que faltam 5 minutos para a sessão terminar!





18/12/2015

Desilusão...

Acreditei que o código que inseri no site da Nutella me habilitava a receber em casa um frasco de Nutella com o meu nome!...
...Mas foi apenas isto que recebi :(

16/12/2015

O Meu Natal Revelado










A maior parte da minha família não é religiosa, por isso a maneira como celebramos o Natal não se foca tanto nas origens deste.
Não vamos à missa e normalmente não fazemos presépio.
Respeito a religião mas não me identifico particularmente com nenhuma.
Mas o meu Natal também não é consumista.
O meu Natal é simples, harmonioso e criativo. É uma grande festa.
A família não vive toda próxima e é uma alegria quando conseguimos estar todos juntos, especialmente nesta altura do ano em que uma certa magia e fantasia pairam no ar.

Desde 2007 que abolimos a habitual troca de presentes entre nós. Não fazia sentido.
Começámos a fazer um sorteio e a ter amigos secretos, com o objectivo de trocar presentes baratos e de preferência reciclados por nós; com o objectivo de oferecer presentes de uma forma mais divertida.
Houve anos em que chegámos a fazer o sorteio no início do ano e o suspense  de quem tinha calhado a quem prolongava-se e espicaçava a curiosidade.
Uma das regras é que se nos calhar a rifa com o nosso nome, é a nós próprios que oferecemos um presente. Isso demonstrou a grande criatividade de algumas pessoas!



Os presentes são oferecidos um de cada vez e temos que descrever a pessoa que nos calhou, até que alguém adivinhe e o próximo assuma o lugar central para também descrever quem lhe calhou.



2009 foi excepção. Foi o ano em que o meu avô morreu e não nos apeteceu fazer este jogo.
Em vez de abrirmos presentes, decidimos juntar-nos para os embrulhar e oferecer a um orfanato.

Este ano também decidimos não fazer o nosso divertido sorteio, pois  parte da família vai passar o Natal em Inglaterra.



No entanto gosto de oferecer presentes! adoro criar! gosto de fazer coisas específicas para cada pessoa, de saber que estou a oferecer algo útil e que vai ser valorizado, não porque foi caro ou está na moda, mas porque foi dado por mim.


Cada presente é muito especial. É uma oferta do coração.



13/12/2015

Chocolate Quente


 
Receita para os dias frios:


Juntar uma colher bem cheia de nutella a uma caneca de leite quente e mexer bem.
Fazer um montanha de chantilli e decorar a gosto.
 
 
 


12/12/2015

Keep to the path... and don't talk to wolves


Assim foi o teatro de fantoches que fizemos no aniversário do meu primo.
Um bocado improvisado mas divertido. Só tenho pena de ter estado escondida atrás do cartão e não fazer parte da plateia... e que ninguém se tenha lembrado de filmar!
A minha tia contou a história da Capuchinho Vermelho enquanto eu dava voz à Capuchinho e à mãe, o meu tio dava voz ao lobo mau e ao caçador e a minha tia que veio de férias foi convidada a fazer de avózinha ( e que bem que saiu o improviso!).
Esquecemo-nos do cartaz com as regras da floresta mas as crianças sabiam-nas e todos disseram em coro:

1. Keep to the path
      2. Don't talk to wolves










10/12/2015

A Mesa dos Minions


Parte da nossa família veio passar uns dias a Bristol.
A casa da minha tia esteve cheia e nós, felizes da vida, não nos importávamos de os ter cá sempre.
As férias deles coincidiram com o aniversário do meu primo, que para o seu 5º aniversário escolheu os Minions como tema.
Eu e a minha tia preparámos-lhe a festa, que teve a presença da família e alguns amiguinhos da escola, muita diversão e até uma apresentação de fantoches!









08/12/2015

Christmas Cupcakes

Na escola do meu primo amanhã vão ser vendidos cupcakes de Natal.
Eu fiquei encarregue de o ajudar com os dele e este foi o resultado.