21/03/2015

Rosa Mágica

As flores que o Ricardo me dá têm sempre algo de especial, único, só nosso.
Esta que me ofereceu no dia dos namorados, acabei por a deixar na água até agora...e assim está: a flor seca, pronta a ser guardada para a eternidade; o caule verdinho e com rebentos, cheio de vida.


2 comentários:

S* disse...

Mas que doce!

São disse...

A primeira flor que o meu então marido me deu foi também uma singela rosa, uma semana depois do início do namoro. Há quase 15 anos atrás!