29/07/2013

Estas férias que passaram depressa



Pelo caminho, a beleza das coisas simples.
A vontade de aproveitar todos os momentos ao máximo.
A praia, o sol.
Os sabores únicos da mesa portuguesa.
Os beijinhos coloridos que me lembram o meu avô e que não resisti a comprar.

Recordações. Emoções à flor da pele.
Preocupação, cumplicidade, orgulho, admiração, amor.
O tempo voa sempre nos melhores momentos.
Uma lágrima no canto do olho antecipa a distância.






Sem comentários: