25/04/2014

Liberdade
















Guardo a memória de um dia que não vivi.
Guardo a importância que esse dia teve para os meus pais e para os meus avós.
O mundo não é justo nem perfeito.
Mas cada um pode torná-lo um bocado melhor.
É preciso continuar a lutar.





Sem comentários: