22/06/2013

As Cores do Coração



Viver com pessoas não é fácil.
Viver sem pessoas ainda é mais difícil.
Não há nada melhor do que uma casa cheia de amor, alegria e cumplicidade, mesmo com umas zangas pelo meio.
Não há nada melhor do que ter a família e os amigos por perto.
Mesmo assim, não é fácil. Por mais que se goste das outras pessoas, todos somos diferentes e todos temos dias maus. Todos precisamos do nosso espaço.
Por isso tenho pensado na sorte que é um casal manter-se unido uma vida inteira... em como a outra pessoa tem que ser especial para se chegar aos 20, 30 ou 50 anos casados, a partilhar a mesma casa, as mesmas histórias, as mesmas rotinas, sonhos e desilusões.

Como é que se escolhe essa pessoa? Tem que ser muito bem escolhida. Tem que ser escolhida com o coração.

Nos dias cinzentos temos que nos lembrar das cores do coração. Temos que nos lembrar de como somos especiais.



Sem comentários: