08/06/2013

Gatos

Na minha infância vivi rodeada de gatos.
Eram os nossos gatos que viviam livres no quintal e eram os gatos dos vizinhos.
Tive alguns brancos que baptizámos de Vitinho.
Tive algumas gatas que se chamaram Joana.
Tive gatos pretos misteriosos e aveludados. 
Um que mais parecia um cão, tínhamos que sair de casa muito depressa porque ele saía pelo quintal e seguia-nos pela cidade.
Vi alguns partos. De uma vez que uma Joana estava em trabalho de parto, lembro-me de não poder sair de ao pé dela, senão ela ia atrás de mim. Agarrei-lhe a pata por um momento que ficou eterno na minha memória.
Gatos que se tornam membros da família.

A Joaninha. Dá vontade de a sufocar com mimos e ela deixa.

A Joaninha com a mãe.

 A Mia e os filhotes acabados de nascer.

A Joaninha e os irmãos.

O Pipoca e o irmão (em 2005)

Numa janela de Alfama.

No meu quintal inglês. Uma agradável visita.

Sem comentários: