19/10/2013

Das manhãs frias no aconchego do sofá. 
Um pequeno-almoço que pode ser demorado.
As pequenas coisas que cabem numa flor.
Onde os sonhos nascem e as memórias permanecem.




Sem comentários: